Quem Somos

Em defesa dos usuários de TI e Telecom

Informática: sinônimo de evolução e novidades. É esse conceito que faz, na década de 70, empresários de TI de Pernambuco tomarem uma importante decisão que fez do Recife a quinta cidade do país a implantar uma regional da Sociedade de Usuários de Informática e Telecomunicações (Sucesu).

O grupo, formado por 12 empresas e cinco usuários, resolveu apostar no desenvolvimento do setor tecnológico e iniciou, em 09 de outubro de 1970, as atividades da Sociedade dos Usuários de Informática e Telecomunicações de Pernambuco (Sucesu-PE). De início, os assuntos mais debatidos eram as faixas salariais, mercado de trabalho, homologação de equipamentos, restrições impostas pela legislação ao trabalho noturno das mulheres nos CPDs e a oficialização do ensino de processamento de dados.

Com o decorrer do tempo, a finalidade da entidade passaria a ser a defesa dos direitos, idéias e representações políticas dos seus associados. Além disso, a realização de eventos, que incluem desde seminários e palestras até feiras e congressos de âmbito nacional a internacional, e ainda a participação em fóruns setoriais e encontros de TI e Telecom.

E toda essa história é marcada por grandes conquistas: em 1990, o Recife passa a sediar o maior evento de informática do Norte/Nordeste, a Infonordeste, articulada pela diretoria da entidade. A feira e congresso teve início no pavilhão do Centro de Convenções de Pernambuco e chegou a receber mais de quatro mil pessoas em seus quatro dias de apresentação.

É na década de 90 também que a Sucesu-PE consegue realizar na região o 25º Congresso Nacional e 12ª Feira Internacional de Informática. Era a primeira vez que o evento acontecia fora do eixo Rio-São Paulo.

O que é a Sucesu-PE?

A Associação de Usuários de Informática e Telecomunicações é uma associação civil sem fins lucrativos e sem caráter político-partidário, de representação política dos seus associados e de coordenação, promoção, execução e indução de atividades no setor de informática e telecomunicações.